quinta-feira, 2 de dezembro de 2010

Tema Jovem Pan

Eu queria ouvir a música que sai da sua boca quando você diz que sim
Eu queria ouvir a música que explode nos teus olhos quando eu vou te ver
Eu queria ouvir a música que corre até ao teu redor quando você sorri
Eu queria ouvir a música que a gente ouviu quando eu te conheci

No ano que passa
No ano que vem
A música bate aqui na Pan

Eu queria ouvir a música que tem o mesmo gosto que o teu beijo tem
Eu queria ouvir a música que me arrepia o corpo quando você vem
Eu queria ouvir a música abrilhantar as loucuras todas que vi
Eu queria ouvir a música que a gente ouviu quando eu te conheci

No ano que passa
No ano que vem
A música bate aqui na Pan

Eu quero paz e saúde pra você também. Tudo de bom que você deseja, que venha o ano que vem.
Quero que todos se levantem encontrem a paz. Saúde é o que importa, o resto a gente corre atrás
A música de quando você diz que sim, de quando eu vou te ver, sorrir ou te conheci.
Essa é hoje, não tem como deixar pra amanhã aquela que bate aqui no peito e toca aqui na Pan.
A hora é agora e o lugar é aqui parceiro.

No ano que passa
No ano que vem
A música bate aqui na Pan

quarta-feira, 1 de dezembro de 2010

Eu só quero é ser feliz...

Não... não é “andar tranquilamente na favela em que eu nasci!”

Daqui pra frente, eu quero ir em busca da felicidade e realmente encontrá-la. Eu quero chorar de tanto rir. Eu quero que minhas bochechas doam de tando dar risada, quero que meu abdômen doa de tanto se contrair. Eu quero é viver!

E hoje eu decidi isso. Viver do jeito que eu estava vivendo nas últimas semanas não é viver, é sofrer. Eu sofria a cada dia, cada hora, a cada minuto. Pois é muito difícil decidir entre esperar ou esquecer... Como diria Paulo Coelho, "Esperar dói. Esquecer dói. Mas não saber se deve esperar ou esquecer é a pior das dores.”

Hoje em dia eu acredito na frase “O que tiver que ser será”. Não cabe a mim nem a você e nem a ninguém decidir o que fazer com essa situação. Isso cabe somente a uma pessoa, e só ela poderá decidir o futuro.

Se não cabe a mim decidir este fato, porque eu vou continuar sofrendo? Não, não quero mais sofrer, não vou mais sofrer... vou “deixar rolar” e “o que tiver que ser será”.

Há tanta gente malvada nesse mundo, que cada dia que passa fica difícil encontrar uma alma realmente boa na Terra. É tanta vingança, tanta disputa, tanta, tanta, tanta porcaria que eu realmente fico magoada com esse planeta em que vivo. Mas ele ainda vai mudar, tenho fé.

As pessoas que cometem erros pensados, planejados, arquitetados ão de pagar um dia. Pode ter certeza. Não adianta em nada alguém ir a missa, ao culto, ou o que quer que seja que uma religião chama o ato de rezar para Deus, e continuar cometendo os mesmos erros que se cometia quando ainda não ia a “igreja”. Cometer erros cruéis com outras pessoas, erros arquitetados, maquiavélicos. Você só está ai por um motivo, e pode ter certeza que não é por Deus. Pare, reflita, cresça e aprenda que se arrepender sempre depois do erro cometido por várias vezes, o pedido de perdão não adianta em nada. Errar uma vez é humano, persistir no erro é burrice, continuar errando é maldade.

Nathalia Brant Malta Salgueiro

01 de dezembro de 2010

quarta-feira, 27 de outubro de 2010

Difícil e estranho

É muito difícil deixar quem você gostaria de amar.

Muito difícil sentir saudades de quem você gostaria de ver diariamente.

O mais difícil é esquecer quem você gostaria de ter!

Estranho é acabar com duas pessoas se amando.

Estranho é terminar com a gente se gostando.

Estranho é te encarar sem poder te tocar.

Estranho te ver sem poder te ter.

Te amo

quinta-feira, 21 de outubro de 2010

Amor...

Amor é dor
Dor difícil de se sentida
Ainda mais difícil de ser vivida.
Amar é complicado,
Implica em escolhas
Escolhas estas difíceis de se decidir.
Amar é sofrer
Sofrer por quem se ama
Sofrer por decisões
Sofrer silenciosamente
Chorar separadamente
Pensar lentamente
Mas, apesar de tudo
Amar é viver.
É sentir o prazer
O prazer de amar!

quinta-feira, 14 de outubro de 2010

Ai de quem ama

Quanta tristeza
Há nesta vida
Só incerteza
Só despedida

Amar é triste
O que é que existe?
O amor

Ama, canta
Sofre tanta
Tanta saudade
Do seu carinho
Quanta saudade

Amar sozinho
Ai de quem ama
Vive dizendo
Adeus, adeus

(Vinícius de Moraes)

quarta-feira, 22 de setembro de 2010

Uma imagem diz mais que mil palavras!!

Bem, como o título mesmo já fala, uma imagem diz mais que mil palavras....































segunda-feira, 20 de setembro de 2010

Médica Veterinária

Bem, para algumas pessoas que entram aqui, não é novidade que eu quero ser veterinária. Quem sabe dentro de poucos meses serei uma futura médica veterinária! :)
E como dia 09 de setembro foi dia do Médico Veterinário, vou colocar um texto que achei muito lindo mesmo comparando você com um animal, isto é, como você deveria agir em determinadas situações se você fosse um cachorro. E seria tão mais bonito se fosse assim mesmo, tão mais carinhoso, tão maisss.... amor incondicional. Óoooo, como eu amo os animais.



"Se um cachorro fosse seu professor... Você aprenderia coisas como:

Quando alguém que você ama chega em casa, corra ao seu encontro.

Nunca perca uma oportunidade de ir passear.

Permita-se experimentar o ar fresco do vento no seu rosto.

Mostre aos outros que estão invadindo o seu território.

Tire uma sonequinha no meio do dia e espreguice antes de levantar.

Corra, pule e brinque todos os dias.

Tente se dar bem com o próximo e deixe as pessoas te tocarem.

Não morda quando um simples rosnado resolve a situação.

Em dias quentes, pare e role na grama, beba bastante líquidos e deite debaixo da sombra de uma árvore.

Quando você estiver feliz, dance e balance todo o seu corpo.

Não importa quantas vezes o outro te magoa, não se sinta culpado…volte e faça as pazes novamente.

Aproveite o prazer de uma longa caminhada.

Se alimente com gosto e entusiasmo.

Coma só o suficiente.

Seja leal.

Nunca pretenda ser o que você não é.

E o MAIS importante de tudo….

Quando alguém estiver nervoso ou triste, fique em silêncio, fique por perto e mostre que você está ali para confortar."

(Autor Desconhecido)

quarta-feira, 8 de setembro de 2010

People always leave! (continuação)

Para completar o texto que escrevi abaixo, deixo alguns pensamentos, que não são meus, mas se encaixam com o texto:

Aqueles que passam por nós não vão sós. Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós. (Antoine de Saint-Exupery)

e

Não fique triste porque algo acabou. Fique feliz porque aconteceu!

People always leave!


Bem, estava conversando com uma amiga minha e não sabia sobre o que ia escrever no blog. Andava sem inspiração. Pois bem, eu já morei longe da minha família, 1.100km e só os visitava de 4 em 4 meses. Hoje ela está na mesma situação que eu. Daí que veio o assunto: “people always leave.”


A cada lugar que passamos, conhecemos pessoas novas, fazemos novas amizades, inimizades, namoramos, enfim, conhecemos um bucado de gente nova! Até aí tudo bem. Mas e quando você parte, ou a outra pessoa parte. Como ficam as amizades? Algumas se rompem com o vento, outras se mantém como uma rocha. E assim caminha a humanidade. Realmente é difícil manter um relacionamento a longa distância, seja ele de amizade, de amor, de tudo. Porque o ser humano precisa do convívio, precisa do carinho diariamente, precisa do contato. Precisa do físico, sabe?


Então o que acontece é que as pessoas acabam de afastando, se distanciando de você. O que antes era motivo de se ter amizade, porque ambos tinham os mesmos interesses, os mesmos gostos, hoje não é mais.


Mas uma coisa que estava discutindo com minha amiga. Tem coisas que a gente não entende. Quando eu parti de Campo Grande/MS após ter morado três longos anos lá (mas diga-se, muito bem aproveitados), uma amiga minha me abraçou na minha despedida e começamos a chorar juntas (sim, eu sou muito emocional). Sabe, aquela pra mim parecia uma amizade verdadeira, onde havia companheirismo, carinho, amizade mesmo. Mas logo que parti, alguns meses depois, a gente nem mais se falava. Será que aquilo era verdade?

Bem, aprendi que as pessoas entram na sua vida por um motivo, e saem também por outro. Tudo tem o porque de acontecer e o momento exato de acontecer. O que eu tenho que deixar na memória é que o que eu vivi foi sim, real, enquanto durou. O depois, bem, o depois não existe. O que fica no coração será o verdadeiro carinho que tive pelas pessoas que um dia passaram na minha vida. E isso sim vale a pena!


Claro, que não são só essas pessoas que vão embora. Infelizmente, além da distância, a vida nos leva as pessoas de outra forma. Um dia levarão minha mãe, meu pai. Um melhor amigo, uma amiga. O amor da minha vida. E eu vou ter que estar lá, firme e forte, para poder agüentar isso! PEOPLE ALWAYS LEAVE!


P.S: Bem, pra quem não sabe, a imagem é de um seriado que chama "One Tree Hill", muito bom por sinal. Conta a vida de adolescentes. Tipo, parece a nossa vida, como se fosse real sabe. Recomendo mesmo! ;)

quinta-feira, 2 de setembro de 2010

Porque os homens traem?

Bem, antes de começar a escrever esse texto, busquei informações acerca do assunto. Então, vamos começar:


1) FALTA

Um homem se apaixona por uma mulher, e por um determinado tempo, só faz sexo com ela. Todavia, devido a rotina, a dores de cabeça(?) a cansaço do trabalho, etc, a mulher diminui consideravelmente as vezes que faz sexo por semana com seu namorado/marido. Como o homem é um ser sexual, que tem a necessidade de fazer sexo sempre e toda hora, nada mais justo do que ele procurar isso fora de casa. Puff.... temos mais uma chifruda no mundo!

2) HISTÓRIA


Antigamente, quando ainda estávamos povoando o mundo, o dever do homem realmente era povoar, isto é, fazer bebês. E para isso o que ele precisava? Fazer muito sexo, com diversas mulheres. A idéia era espalhar seu gene, aumentar sua prole. Hoje em dia não é muito diferente, os homens querem sim, passar seu gene adiante. Mas hoje eles “brincam” de fazer crianças. Eles usam camisinha e as mulheres métodos contraceptivos.

3) COMPETITIVIDADE


Sim, homens são seres competitivos, querem estar se mostrando aos outros toda hora, mostrar que são machões, que são o macho alpha. Por exemplo: estão em um bar, numa quarta-feira vendo um jogo de futebol. Enquanto isso sua mulher está em casa. No meio do jogo, chega uma mulher gostosa se insinuando para ele. Ao mesmo tempo que ele pensa “poxa, eu sou comprometido”, algo dentro dele fala “se eu não pegar essa gostosa, o que meus amigos vão pensar de mim?”. E mais uma vez, temos uma nova corna no mundo!

4) EGO

Muitas vezes, para o homem se sentir bem consigo mesmo é preciso com que ele sepre esteja na “ativa”. E para isso acontecer, uma mulher só não basta. Ele precisa se sentir superior, se sentir o macho alpha como disse anteriormente. E o que que o macho alpha faz? Bem, ele é o dono da comunidade, o bam bam bam que come todo mundo. É o macho responsável pelo crescimento da sua comunidade. Isso faz com que o homem, para se sentir superior, queira pegar várias menininhas. Só assim seu ego estará aumentado.

5) BEBIDA

Muitos culpam a bebida pela traição. Mas a bebida só faz com que você relaxe, com que se sinta mais livre para fazer o que quiser. Sim, eu disse que então, ele traiu não por causa da bebida, porque são ele já estava querendo trair, mas a bebida só fez com que ele conseguisse se soltar um pouco mais e fazer coisas que ele já pensava em fazer mas não tinha coragem.


6) HOMEM

Bem, o último motivo é bem simples. Eles traem porque são homens. Está no seu DNA querer fazer sexo sempre e toda hora. Querer reproduzir, querer ter descendentes. Nessas minhas lidas na internet, li uma frase que se encaixa perfeitamente: “Mulher triste é difícil de acalentar. Homem triste esquece tudo com um boquete.” Bem, isso já diz tudo, não?

Nossa, como eu escrevi hein. Acho que nenhum outro texto meu foi tão grande como este. E ainda acho que falta muita coisa a escrever.Quem sabe em outro post eu complemento. Não, eu não sou feminista. SIM, as mulheres também traem. Mas por outros motivos que agora não vou ficar citando aqui. Sempre haverão os homens traidores por natureza, assim como haverão mulheres que farão o mesmo.

Quando a boca cala... o corpo fala!

O resfriado escorre quando o corpo não chora.
A dor de garganta entope quando não é possível comunicar as aflições.
O estômago arde quando as raivas não conseguem sair.
O diabetes invade quando a solidão dói.
O corpo engorda quando a insatisfação aperta.
A dor de cabeça deprime quando as duvidas aumentam.
O coração desiste quando o sentido da vida parece terminar.
A alergia aparece quando o perfeccionismo fica intolerável.
As unhas quebram quando as defesas ficam ameaçadas.
O peito aperta quando o orgulho escraviza.
A pressão sobe quando o medo aprisiona.
As neuroses paralisam quando a “criança interna” tiraniza.
A febre esquenta quando as defesas detonam as fronteiras da imunidade.

(Autor desconhecido)

P.S: Quem le meu blog sabe que raramente coloco coisas que não fui eu quem escreveu, mas como gostei muito desde texto e ando meio sem idéias pra escrever, tá ai pra vocês refletirem! =]

terça-feira, 24 de agosto de 2010

Coração Quebrado

Quem nunca teve um coração partido que atire a primeira pedra!
Pois é, infelizmente na nossa vida passam pessoas que acabam por machucando nosso coração. Umas realmente tinham a intenção outras simplesmente acabaram não se apaixonando por você, e quem saiu ferido na história foi você.
Do mesmo jeito que todos já machucaram um coração. Pode não ter sido proposital, mas infelizmente acabamos machucando os outros. Essa é a lei da vida. Às vezes simplesmente não era pra ser (ou quem sabe era, mas não deu certo). E qual é o melhor remédio para um coração partido? TEMPO. Bem, é com ele que seu coração vai ter chance para se cicatrizar. A cicatriz pode ser definitiva, existir pra sempre, entretando cabe a você sofrer por ela ou não.
O tempo é o senhor de tudo!
Mas vou confesar, que às vezes eu queria fazer um transplante do meu coração, ahhhh se eu queria. Pegar um novinho, sem ciatrizes, sem usos. Como seria bom!

domingo, 1 de agosto de 2010

Não me aguento mais

Me sinto muito cansada
Coisas que gosto não me alegram mais
Não tenho mais vontade de fazer nada
Não queria sentir isso jamais.

Baladas, cinemas, barzinhos
Será que isso ainda existe?
Nem pra isso tenho coragem
Onde está a minha vontade?

Pra mim o que importa é a amizade
Mas não quero vê-los tristes
Eu só quero a felicidade
Pra mim, pra eles, mas isso são só palpites.

Nem eu me aguento mais
Estou chata, grossa e infeliz
Meu Deus, que tempestade em copo d'água
Eu só queria ser feliz!

Nathalia Brant Malta Salgueiro
26 de setembro de 2006

terça-feira, 27 de julho de 2010

Queria me entender

Calam-se as vozes.
O mundo fica mudo ao meu redor
Os pensamentos são ferozes
E eu não consigo ver o meu melhor!

Não sei porque estou triste
Ninguém sabe porque estou assim
Onde será que está a felicidade?
Sim, ela está fugindo de mim!

Parece que é bobeira,
Idiotice ou coisa assim.
Mas nem eu sei o que se passa
Ai Meu Deus cuida e mim.

Não consigo mais escrever coisas tristes
Mas é o único modo de me abrir
Se nem assim eu me entendo
Como vão cuidar de mim?

26 de setembro de 2006
Nathalia Brant Malta Salgueiro

sábado, 24 de julho de 2010

CHEGA

Cansei de sofrer mais do que ser feliz. Cansei de me preocupar com os outros. Cansei de me preocupar com você. Cansei de sentir ciúmes. Cansei de perder a confiança.
Tem horas que chegamos ao limite, e parece que o meu já transbordou faz tempo, mas eu tentava dar umas "goladas" no copo para que ele se esvaziasse, só que não dá mais.

É, este post foi curto. Foi só um mísero desabafo!

quarta-feira, 14 de julho de 2010

Mudança já!

Nosso mundo está acabando. Efeito estufa, tornados e terremotos são apenas algumas amostras disto. O ser-humano cada vez está mais egoísta e esquece do próximo. Há tanta violência, assassinatos, estupros e poderíamos até encaixar aqui o desmatamento, que seria considerado uma matança ao ambiente. Não que eu queira comparar em grau, gênero e número o assassinato de uma pessoa com o "assassinato" de uma floresta, mas temos que levar em consideração que cada um desses casos tem sua devida importância.
Temos que colocar a mão na consciência e começar mudando nossas atitudes para que sirva de exemplo a nossos filhos. Eu já não sei mais que mundo vou oferecer a meus filhos daqui 5, 10 anos. Quem dirá os filhos dos meus filhos. Que mundo meus netos viverão? Espero que seja em um mundo melhor e mais justo. Mas para isso uma mudança deveria ter acontecido ontem.

terça-feira, 13 de julho de 2010

Hibernar

Já não existe mais o que fazer
O que me fazia feliz não me faz mais
Sair de casa, jogar futsal e conversar com os amigos
Nada disso existe mais!

É tanto "mais" que significa tanto "menos"
Nada se soma, só se subtrai
A infelicidade mora na minha casa
Eu mando ela embora mais ela se apoderou

Apoderou-se daquilo que mais amo
E não quer me deixar.
Já não sei mais o que devo fazer
Na realidade quero dormir para sempre!

quarta-feira, 30 de junho de 2010

FRIO

Estava escuro
Nem um brilho no céu
Nem a Lua estava disposta a aparecer

Estava frio
Nem a coberta conseguia aquecer
Porque não era um frio físico
O coração parava de bater

A tristeza o consumia
E não havia o que fizesse com que ela saísse
O corpo se congelou
Já nada mais restava

O que antes importava, hoje não importa mais
O que antes impressionava, hoje não impressiona mais
“E o que era doce, se acabou”

Porque no fundo, já nada mais nos resta
Não há esperança, não há fé
Porque a tristeza consumiu tudo.

domingo, 9 de maio de 2010

Dako é bom

De fato hoje algo engraçado aconteceu em minha vida. Estou eu no MSN, sem falar com ninguém, jogando um buraquinho no NetCartas, quando começo a conversar com uma amiga que não falava a algum tempo. Vamos nomear essa amiga de "Xis". Papo vai, papo vem, falamos de nossas frustações por causa da faculdade (falta de tempo para diversão = sem vida social), relacionamentos, sobre hôrmonios (huahuahuhua), enfim, um apunhado sobre tudo.

De fato acabamos no sexo. Calma lá. Não vá pensar besteira. Eu e Xis não acabamos fazendo sexo. Acabamos falando em sexo! Ainda surpreendentemente, no meio do assunto sexo, chegamos ao assunto dar o cu. Não me perguntem o porque chegamos a esse assunto, eu não vou responder.

Agora vamos a parte engraçada.
Xis, em suas revelações, me diz:

Xis: - Ok, pra te deixar feliz, vou revelar um segredinho meu relacionado ao buraco
Xis: - NÃO não dei
Xis: - MAS, uma vez, malhando, 4 APOIOS, PENSANDO EM SACANAGEM, senti uma vontade do nada de dar o cu, UAHUAHAUHAUAHUAHAU
Eu - lógiCU, normal sentir vontade de dar o CU malhando, eu mesma já senti isso. (ok, mentchira)
Eu - HUASHUAUHHAUHUAHUAHUAHU
(Deste momento em diante eu não aguentei falar mais nada a não ser rir)

Como pode uma pessoa MALHANDO, sentir vontade de dar o cu? Comofas?

segunda-feira, 3 de maio de 2010

sexta-feira, 30 de abril de 2010

"Já nada mais me resta, a não ser a profunda solidão de dormir. Coisas antes interessantíssimas hoje perdem a graça e ficam no preto e branco."

Nathalia Brant

terça-feira, 27 de abril de 2010

Tristeza

Tristeza que me persegue
Tristeza que me pegou
Me pegou de jeito,
E agora não mais consigo correr dela.

Tristeza sobe por entre minhas pernas
Domina meu corpo
Domina meu coração
Já dominou até minha cabeça.

E como diria nosso querido poeta
Vinícius de Moraes
"Tristeza não tem fim, felicidade sim!"

Ó, como ele tem razão.
Está difícil de conseguir tirar do meu corpo
Esse sentimento ruim que me consome
E o que mais nos resta?
Vamos dormir, dormir para que vire promessa!

sexta-feira, 23 de abril de 2010

Mais um dia como outro qualquer

O despertador toca, um olho se abre
O outro insiste em continuar dormindo
Será mesmo o momento certo de sair da cama?
Me de mais 10 minutinhos!

A preguiça toma conta de todo meu corpo
E já é difícil conseguir levantar
Sair debaixo daquela coberta tão acolhedora, tão quentinha
Só mais 10 minutinhos!

E o sono já passou,
Mas a preguiça continua forte e firme
A cama quer me cuspir,
Mas outra vez eu penso: Mais 10 minutinhos.

Quando então resolvo levantar,
Vejo que meu dia será o mesmo
Uma aula aqui e acolá
E a saudade de um beijo.

Faça sol ou faça chuva
O dia continua igual
Casa, faculdade e casa
Tudo se torna rotina
Eu estou perdida
E tenho saudade de quem era!

quinta-feira, 8 de abril de 2010

Até hoje só havia colocado aqui no blog coisas que eu escrevi.
Mas hoje me deparei com uma frase que me fez refletir bastante, e vou deixá-la aqui para vocês também. Quem sabe sirva como serviu para mim.

"Destrua o bico do ressentimento, arranque as unhas da agressividade, retire as penas do medo que te impedem de voar. A decisão é só sua!"

quarta-feira, 7 de abril de 2010

Razões e emoções

As coisas são realmente estranhas, acontecem a todo momento sem ao menos a gente perceber. Um olhar, uma palavra, um gesto muda tudo. Se pelo menos soubéssemos o que queremos realmente. Se soubéssemos nos expressar corretamente. Tudo seria mais fácil. Mais simples.

Mas infelizmente nem tudo é como gostaríamos que fosse. Nem toda palavra pensada é dita (ainda bem!), nem todo carinho é correspondido (que pena!) e nem todo abraço é acolhedor. É difícil colocar na balança a razão e o emoção juntos, com o mesmo peso. Uma vez a emoção manda, outra vez a razão, e assim se sucede a vida.

Como diz aquela música: "Entre razões e emoções a saída, é fazer valer a pena!". Pois bem, ela diz tudo. Não interessa se eu vou agir com a razão ou vou deixar a emoção me levar, o que interessa é o resultado. Se ele for satisfatório para você, valeu a pena! E é atrás desse resultado que eu tanto corro atrás, e eu vou conseguir chegar lá!!!

sábado, 3 de abril de 2010

Seja a mudança que deseja

Às vezes quando mais precisamos das pessoas ao nosso lado acabamos nos afastando delas. Deveríamos pensar em jogar nosso orgulho para o alto, nossa irresponsabilidade, para que assim possamos realmente nos prestar ajuda. Só cabe a nós mudarmos, sermos diferente do que aquilo que somos hoje. A mudança depende da nossa vontade, do nosso espírito, da nossa sabedoria. Claro que outras pessoas nos ajudam a nos transformar na pessoa em que queremos ser, mas tudo isso não aconteceria de não fosse por causa de nós mesmos agindo a nosso favor. Tudo aquilo que foi construido em cima do amor, em cima do respeito, se nós quisermos realmente manter essa pessoa em quem nos tornamos (e diga-se de passagem, uma pessoa bem melhor) nós conseguiremos.
Não sei de onde, mas só nós conseguimos tirar do nosso interior aquela força que nos falta para superar um acontecimento. Só nós somos capazes disso. Os outros tentam nos aconselhar, dar um ombro amigo, uma palavra carinhosa, mas se fecharmos nossa cabeça, tudo aquilo será em vão.
Não deixe a tristeza levar você embora. Não deixe que ela leve a pessoa que você se tornou e que você sente ser uma pessoa muito melhor, e que te faz bem. Continue acreditando que sentimento existe, que o amor existe, que o carinho, afeto e companheirismo também existem.
Lembre-se: ninguém nesse mundo todo merece nosso sofrimento. Ninguém. Por mais especial que essa pessoa seja!!!
Lembre-se dos momentos bons no passado, para que você consiga viver o presente e construir seu futuro. A nossa felicidade só depende de nós mesmos.

quinta-feira, 1 de abril de 2010

LUTO

É difícil quando você tem que abrir mão de alguém que você ama para que haja cura e entendimento. É difícil ver partir alguém que você gostaria que estivesse ao seu lado a todo instante. É difícil deixar uma vida que foi construída durante meses para trás. Mais difícil ainda disso tudo é ver a pessoa que você tanto gosta e não poder mais tocá-la, beijá-la, abraçá-la.

Mas o mais incrível disso tudo é fazer atos como esses que são insuportáveis de serem vividos, abrir mão de uma história, por amor.

Sentimento é algo difícil de explicar, e só quem sente sabe como é. Simplesmente não consigo me expressar, porque a dor é tão grande que me chega um momento em que só me resta chorar.

Sem mais palavras....

quarta-feira, 10 de março de 2010

Ânimo


Tentamos fazer o que está ao nosso alcance
Esticamos o braço mais do que conseguimos
Para que tudo mude a cada instante
Nem sei mais aonde pararemos

A alegria vira tristeza
O carinho vira isolação
O amor vira desilução
E então, o que nos restou?

Me resta apoiar,
Me resta animar,
Me resta amar,
Me resta consolar!

Quanto tudo parece perdido
A luz vem ao seu encontro
Não, não é um trem vindo
É a luz do seu conforto!

Saia dessa, viva a vida
Mostre a força que você tem
A vida é cheia de empecilhos
Mas isso vai mais além.

domingo, 7 de março de 2010

E assim começa o amor...

E assim começa o amor
Através da troca de olhares
Através de palavras, gestos
Às vezes é conturbado
Mas na maioria das vezes gratificante

Algumas horas há brigas
Outras há carícias
Entre um olhar e outro ocorre o entendimento

Só quem vive sabe o que se passa
Só quem sonha sabe o que esperar
Só quem ama, sabe o que é amar!

Nathalia Brant Malta Salgueiro
07 de março de 2010

Visite também: http://www.flickr.com/photos/nathaliabrant

segunda-feira, 22 de fevereiro de 2010

Flickr

Agora estou com um Flickr, para quem não sabe é um site da web de hospedagem e partilha de imagens fotográficas.

Depois, quem puder dar uma visitinha! ;)

http://www.flickr.com/photos/nathaliabrant

domingo, 31 de janeiro de 2010

A magia da vida

A magia serve para que possamos sonhar, e quem sabe, fazer com que esse sonho se torne realidade. A beleza da magia está em acreditar que o que você quer é possível e pode dar certo. A vida em si já é uma magia. Cada respiração, cada abraço, cada sorriso, cada afeto torna nossa vida mais mágica. O papai noel é uma magia. Faz com que as crianças acreditem fielmente que se forem comportadas durante o ano, receberão ao final um presente. A imagem do papai noel faz com que milhares de crianças tenham a esperança de ganhar um presente, principalmente as crianças carentes, que choram ao ganhar o presente do "papai noel" e comovem brasileiros.

sexta-feira, 29 de janeiro de 2010

E a gente se transforma

Parece fácil mais não é
Parece impossível mais não é
Surpreentemente parecemos esgotados
Acabados, desesperados

O que se tornou doença
Hoje é motivo de esperança
E vamos, vamos deixar a descrença
Vamos virar de novo uma criança

Tem horas que nos entregamos
Porque desesperadamente nos acabamos
Deixamos de lados a crença
Olhe lá, a esperança!

Não leve a mal
Se eu pareço arrependida
Ando tão distraída
Que posso ser surpreendida

Hoje estou bem
No caminho certo a percorrer
Quando outras pessoas

Vieram me socorrer.